27-30 septiembre 2016
AECID - Centro de formación, Centro Cultural de España y Cooperativa Bancaria
America/Montevideo timezone
Inicio > Timetable > Session details > Contribution details

Contribution Poster

Centro de Formación - Atrio
Eje III: Educación superior interdisciplinaria / Carreras y posgrados Interdisciplinarios

Gênero enquanto eixo transdisciplinar: o trabalho dos órgãos institucionalizados na Universidade do Estado da Bahia

Oradores

  • Ms. ADRIANA DOS SANTOS MARMORI LIMA ADRIANA MARMORI
  • Dr. MESSEDER SUELY
  • Mr. Ana Cristina de Mendonça SANTOS
  • Ms. MARINEUZA MATOS DOS ANJOS

Autores principales

Coautores

Resumen de contenido

Antecedentes A Universidade do Estado da Bahia-UNEB é uma instituição de ensino superior pública com presença marcante no Estado pela sua capilaridade multicampi. Sua história depõe um compromisso com o estudo de temáticas emergentes pautada nos marcadores sociais inerentes à história brasileira e baiana, centrada nas relações de poder, na hegemonía dominante, na discriminação racial e no preconceito aos grupos vulneráveis a exemplo de mulheres, lésbicas, travestis e homossexuais. Neste contexto, destaca-se a implantação do Núcleo NUGSEX/ DIADORIM/UNEB e do Grupo de Pesquisa ENLACE, espaços importantes que reiteraram a necessidade de produção e difusão de conhecimentos na área de gênero, interpretados aqui enquanto eixo transdisciplinar. • Perguntas e objetivos

A partir da nossa experiência na gestão da extensão universitária da UNEB no período de 2007 a 2013, órgão pelo qual os espaços institucionalizados da discussão de Gênero eram vinculados e o lugar de registro dos eventos académicos, o que nos permitiu um acompanhamento mais sistemático das diversas atividades que integraram e articularam os diferentes profissionais de forma interdisciplinar em torno da temática na UNEB é que buscamos aqui, identificar quais projetos foram desenvovidos, difudidos e que marcaram significativamente os estudos de gênero colocando-o em evidencia. Neste sentido a pregunta que nos incentivou a realização deste trabaho foi: Como os espaços institucionalizados na UNEB trouxeram de forma interdisciplinar, verificados em seus objetivos a discussão sobre gênero e quais as principais atividades/eventos difundiram tal produção?

Metodología

Trata-se de um levantamento de dados acerca das contribuições que a UNEB tem dado à comunidade academica e externa sobre os estudos de Gênero, oriundas das pesquisas realizadas, eventos e atividades desenvolvidas por seus respectivos orgaos institucionalizados (NUGSEX/DIADORIM e Grupo de Pesquisa ENLACE. De posse dos dados, a analise crítica a luz das teorías que tratam da interdisciplinaridade, buscou-se a identificação de possíveis relações interdisciplinares ocorridas. As informações aquí levantadas farão parte de uma pesquisa que está em desenvolvimento, intitulada “Mulheres gestoras: Histórias de vida e a construção do conceito de gestão pública universitária”, como forma de evidenciar a relevância das discussões sobre Gênero e aqui específicamente sob o olhar da gestão da UNEB.

Análise

Foram verificadas a criação e institucionalização de espaços específicos para o estudo e pesquisas sobre o tema Gênero, como o Núcleo NUGSEX/DIADORIM e o grupo de Pesquisa ENLACE além da realização de palestras, cursos, seminários e campanhas envolvendo a comunidade, além da efetivação de parcerias com outros órgãos estatais. Enquanto difusão de conhecimentos foi possível verificar ainda o grande número de publicações de trabalhos acadêmicos, enfim a participação expressiva da comunidade acadêmica (professores e estudantes) em eventos nacionais com apresentação de trabalhos na área.

Resultados e conclusões

Instigadas pela gestão e com as informações levantadas na UNEB somados aos estudos do grupo de pesquisa ENLACE enquanto chamado teórico-pratico para o olhar sobre Gênero numa perspectiva crítica de seu conceito e principalmente no meio acadêmico brasileiros de Castro (1999), ancorando-se na teoria feminista e relações de poder defendida por Costa (1998) e nas reflexões sobre tecnologias de gênero apresentadas por Lauretis(2009) culminando nas evidencias da necessidade de se pensar o” processo de aprendizado do tema sexualidade por educadores” de Messeder (2013) e ainda a partir da analise documental dos órgãos institucionais da UNEB, revisão de seus relatórios, concluímos que a problemática traz como indicativo a construção de uma perspectiva interdisciplinar na academia a partir da discussão de gênero nos fazendo compreender que a interdisciplinaridade possibita revisitar os temas de forma transversal e caminhar na direção de uma "atitude de abertura frente ao problema do conhecimento" (FAZENDA, 1979, p. 39).

Palabras clave

Transdisciplinaridade;Gênero;Difusão de conhecimento.

Grupo interdisciplinario en el que se enmarca el trabajo (si corresponde)

EJE 3