27-30 septiembre 2016
AECID - Centro de formación, Centro Cultural de España y Cooperativa Bancaria
America/Montevideo timezone
Inicio > Timetable > Session details > Contribution details

Contribution Poster

Centro de Formación - Atrio
Eje II: Prácticas y resultados de proyectos de investigación interdisciplinarios

Uma abordagem multirreferencial sobre o samba de roda

Oradores

  • Mrs. Clécia QUEIROZ
  • Mrs. Rosângela ARAÚJO

Autores principales

Coautores

Resumen de contenido

Este artigo aborda o samba de roda manifestação popular presente em todo o Estado da Bahia, mais frequentemente na região do Recôncavo Baiano, registrado como Patrimônio Imaterial do Brasil, em 2004 e proclamado como Obra Oral Imaterial da Humanidade pela UNESCO no ano seguinte. A Etnocenologia foi criada em 1995 por um grupo de estudiosos insatisfeitos com as abordagens de manifestações espetaculares de culturas e civilizações não ocidentais e teve no professor doutor Armindo Bião do programa de Pós Graduação de Artes Cênicas da Universidade Federal da Bahia um dos seus maiores estruturadores e investigadores. Colocando-se radicalmente contra o etnocentrismo, esse campo de investigação científica tem fornecido bases teóricas para a análise das artes do espetáculo, dos ritos espetaculares. Este estudo, fruto de uma pesquisa ainda em fase inicial no Doutorado Multi-institucional e Multidisciplinar em Difusão do Conhecimento (DMMDC/UFBA/UNEB, se propõe a lançar um olhar para o samba de roda do Recôncavo Baiano a partir das lentes da Etnocenologia. Dessa maneira, apresentaremos o contexto do surgimento dessa abordagem pluridisciplinar científica, seu campo de estudo, seus conceitos, pressupostos teórico-metodológicos e principais pilares de sustentação. Em seguida, o samba de roda será analisado a partir dessas noções, dentro dos cinco pilares epistemológicos que sustentam a Etnocenologia (estados de consciência ou de corpo; teatralidade; transculturação; matrizes culturais e as práticas e comportamento humanos espetaculares organizados). Apresentaremos também alguns aspectos referentes ao método utilizado, a Etnopesquisa Crítica aliado aos princípios da Multirreferencialidade. Para entender essa discussão, nos valeremos das abordagens de autores como Katharina Döring, Petry Lordelo e Carlos Sandroni; Armindo Bião, Jean Duvignaud, Chérif Khaznadar, Therezinha Fróes e J. Ardoino.

Palabras clave

Samba de Roda; Etnocenologia; Multirreferencialidade

Grupo interdisciplinario en el que se enmarca el trabajo (si corresponde)

Pesquisas e interdisciplinariedad: la experiencia en el programa DMMDC de la Universidad Federal de Bahía